DICAS: Aluguer de carro

melhor solução rent a car

O aluguer de carro durante as férias traz muitas dúvidas. Por isso vamos tentar esclarecer!

Como agente de viagens, é muito frequente ouvir diversas questões no que diz respeito ao aluguer de carros durante as férias. As mais frequentes têm que ver com as regras das empresas de aluguer.

Há certas regras de rent-a-car a ter em consideração e que são gerais independentemente do destino e da empresa contratada:

  • Caução

Há muitas (demasiadas) empresas de rent-a-car por aí fora, todas elas com regras diferentes, mas com certos pontos em que não diferem. No aluguer de uma viatura, 98% das vezes vai ser necessário um cartão de crédito em nome da pessoa que alugou a viatura. Digo 98% porque também já tive situações em que me permitiram deixar a caução em dinheiro.

Esta caução é obrigatória e varia consoante a pessoa quer ou não fazer um seguro para o carro. No ato de aluguer, o valor mencionado é quase sempre apenas para o aluguer e para o seguro básico, o que vai levar a que se tenha que deixar uma caução de valor avultado, quase sempre acima dos 600€ (este valor varia consoante o carro). Para evitar cauções deste montante, podes optar pela contratação de um seguro e deixar apenas uma pequena caução, normalmente referente ao combustível. Esta é sempre obrigatória também para que a empresa tenha uma salvaguarda caso o carro seja devolvido sem combustível.

  • Combustível

A política de combustível é importantíssima de se rever no ato de aluguer. Há empresas que funcionam a cheio-cheio, que significa que o carro nos é entregue com o depósito cheio e deverá ser entregue da mesma forma; cheio-vazio, que significa que o carro nos é entregue com depósito cheio, mas que o devemos devolver sem voltar a encher. Esta política leva, por norma, a gastos extra.

Estas são as duas mais recorrentes. Aconselhamos a que se informem devidamente para perceber qual será mais vantajosa. Por experiência própria, o cheio-cheio é o melhor.

  • Taxas extra

A rent-a-car tem 1001 taxas de que muitas das vezes só quando vamos buscar o carro. Estão claramente mencionadas no papel de reserva (em letras mais pequenas), mas não são mencionadas de forma clara quando fazemos a reserva. É vital que se leia toda a informação contida nos termos gerais de aluguer antes de se efetivar uma reserva. Do leque de taxas extra podem constar: taxa de condutor jovem (normalmente menor de 25 anos), taxa de levantamento/entrega tardia (normalmente depois as 21h, mas varia consoante empresa), taxa de aluguer de GPS, taxa de condutor extra, taxa de aluguer de cadeira de bebé, etc.. A lista continua.

O aluguer de carro é assunto que dá pano para mangas, mas não é bicho de sete cabeças. Deixamos-te também outro artigo sobre como escolher a melhor companhia para reservar a rent-a-car.

Tens mais dúvidas? Envia-nos uma mensagem 🙂

Deixe uma resposta