DICAS: Como fazer um Diário de Viagens

A ideia surgiu porque a Luciana gosta de escrever, criar e guardar recordações. A Marisa adorou a ideia e começou logo a ajudar no projeto “Diário de Viagens”

A ideia da Luciana era criar algo simples, sem ter demasiado texto e que fosse a representação das viagens, aventuras e amor com a Marisa. Vamos dar-te algumas dicas de como podes fazer um diário de viagens, semelhante ao nosso.

  • Bloco/Caderno

A escolha do bloco ou caderno é essencial porque é lá que vais armazenar tudo. Tem de ser funcional e espaçoso (também agradável à vista!) . No nosso caso, a Marisa conseguiu arranjar um bloco preto apenas com a inscrição (ONE WORLD) – como podem ver na  imagem abaixo – após termos (mais a Luciana) passado imenso tempo à procura de um bloco que fosse de encontro às nossas exigências e necessidades. Este bloco tem folhas lisas de cor creme e tem um elástico para o fechar – ideal para diários de viagens visto que se guarda muitos bilhetes, faturas, etc. e, por vezes o fecho pode torna-se difícil.

IMG_20180512_093951

  • Capa

A nossa capa como já dissemos anteriormente era preta apenas com aquela gravação do OneWorld (o nome do nosso blog foi inspirado nisso), portanto era necessário dar um certo animo à capa. Os Autocolantes são essenciais nos diários de viagens, sobretudo na capa. Como a capa era preta tivemos que comprar uma caneta permanente de cor branca (a nossa custou cerca 3€ e havia pouca oferta). Portanto tenta evitar capas escuras ou então opta por um título autocolante, por exemplo. Podes anda decorar a capa com fotos, imagens ou desenhos.

  • Mapa

Assim que uma pessoa abre o nosso diário vai encontrar um Mapa. Este mapa é daqueles “para colorir” e o nosso objetivo é preenchê-lo, todo ou praticamente todo, com cor – como podes ver apenas UK e Malta estão coloridos. Podes ver aqui um exemplo de um mapa.

IMG_20180512_094030_HDR

  • Primeiras páginas dos destinos

A nossa sugestão é que coloques o título do Destino e os bilhetes de avião – podes ver o nosso exemplo abaixo. Podes também decorar com autocolantes alusivos ao destino.

IMG_20180512_094044_HDR

  • Personalizar Páginas

Esta parte tens de pensar um pouco antes da viagem, isto porque tens de decidir o que vais guardar. No nosso caso guardamos os bilhetes dos locais que pagamos entrada, por exemplo, museus, bilhetes de transportes, parques temáticos, etc. Algo que já fizemos tradição é comprar uma raspadinha em cada destino. Assim como guardar o rótulo de uma garrafa de água, afinal de contas quase sempre compramos uma garrafa de água em viagem, não é verdade?

Também guardamos algumas faturas, mapas e outras coisas que achamos que nos pode transportar novamente para aquele destino. Nós optamos por não escrever texto uma vez que já temos o blog para esse efeito. Contudo podes fazer pequenos textos sobre os teus dias em cada destino. Nós em cada página, dividimo-las por dias e distribuímos tudo o que vamos colecionando juntando algumas fotos desses dias.

IMG_20180512_094054_HDR

IMG_20180512_094110_HDR

img_20180512_094143_hdr.jpg

O nosso diário funciona mais como um baú ou álbum de recordações/fotos. Mas se quiseres seguir um formato mais clássico de diário de viagens podes seguir estas 3 dicas essenciais:

  1. Escreve, preferencialmente, à tarde ou à noite uma vez que assim podes descrever como as coisas decorreram durante o dia e desenvolver anotações com mais calma;
  2. Explica o que aconteceu detalhadamente, dá opiniões sobre os acontecimentos, sítios, comida, etc. Quanto mais mostrares emoção na escrita mais a experiência se torna real;
  3. Durante as viagens anda sempre com um bloco mas pequeno para as anotações SOS porque mais tarde podes não te lembrar tão detalhadamente.

Agora já podes criar o teu próprio diário!

Partilha connosco o teu diário de viagens, queremos embarcar também nas tuas aventuras.

2 Replies to “DICAS: Como fazer um Diário de Viagens”

  1. Acho a ideia de um diário de viagem muito interessante. Eu sempre faço. E descobri que, depois de alguns anos, não lembramos mais de detalhes, como o nome do hotel que ficamos ou o nome daquele restaurante incrível que encontramos do nada! É uma ótima dica!

    1. É sim. É bom guardarmos as lembranças das nossas viagens. 😊

Deixe uma resposta