LONDRES: Uma viagem literalmente mágica

Qual é a primeira coisa que uma pessoa pensa quando se fala em Londres?

Palácio de Buckingham

palacio de buckingham londres

Qual é a primeira coisa que um fã de Harry Potter quando se fala em Londres?

Warner Bros Studio Tour London: The Making of Harry Potter

uma viagem literalmente mágica

O nosso caso foi o segundo – embora não nos esquecêssemos de visitar o Palácio depois!

Foi no dia 8 de Março de 2018 que chegamos ao aeroporto de Londres (Luton) depois de uma aterragem conturbada, motivada pelos fortes ventos que se faziam sentir naquela altura. Apesar de tudo, estávamos prontíssimas para apanhar o transporte público mais rápido e prático para nos começar esta viagem literalmente mágica que nos levaria aos estúdios com que tínhamos sonhado os últimos dois meses (para não dizer anos). Tínhamos estudado a lição e tínhamos intenção de apanhar comboio para evitar trânsito.

No final, não fizemos nada disto.

A funcionária responsável por encaminhar os passageiros para o transporte público aconselhou-nos a apanhar antes os dois autocarros que (nas suas palavras) iria ser super rápido e ia levar-nos até Watford Junctions (onde íamos apanhar um outro autocarro que apelidamos de “Hogwarts Express 2.0 – versão muggle) mais facilmente.

Sorte a nossa, mal chegamos à paragem de ligação, foi-nos informado que o transporte que nos iria levar até Watford Junctions estava atrasado e sem previsões de chegar por força de um acidente. A princípio não consideramos problemático – mesmo levando com ventos fortes na cara e sentindo o frio apoderar-se de nós -, mas passada quase meia-hora estávamos já a analisar as hipóteses de apanhar um Uber.

Com dinheiro contado e o Uber fora de alcance, lá esperamos pelo desejado autocarro que eventualmente chegou, nos levou a passear por toda a outer London até Watford Junctions, num percurso de mais de 50 paragens. Quando chegamos e vimos o nosso Hogwarts Express abateu-se sobre nós um alívio, seguido de um segundo alívio por termos chegado mesmo em cima da hora para o apanhar.

Nisto tudo já tínhamos nós mais de 6h de viagem em cima, com 3h de sono, quando finalmente chegamos e nos rendemos completamente a tudo!

Para quem ainda não teve oportunidade e ir e não quer spoilers, não leiam o que está a seguir! A visita é fantástica e rever os cenários que nos acompanharam durante 8 filmes foi simplesmente incrível.

A tour começa de forma simples, com uma pequena apresentação de como começou o fenómeno, seguida de uma mensagem em vídeo de Daniel Radcliffe sobre as filmagens. Depois, a porta do Grande Hall abre-se e sentimo-nos pequeninos, quase a querer ajoelhar-nos perante o cenário de uma das melhores e mais espectaculares sagas: estamos dentro dos estúdios do Harry Potter.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O nosso bilhete incluía o guia em áudio e um livro souvenir. O guia em áudio é bastante extenso e interessante para quem queira conhecer todos os segredos. Não se torna muito maçudo, como em alguns museus (claro que gostar do tema ajuda, sim!) e ajuda a tornar a experiência mais pessoal.

Depois da passagem pelo Grande Hall, a visita é feita ao passo e medida de cada um.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma das coisas que queríamos mesmo fazer era provar a Cerveja de Manteiga (Butterbeer). Um conselho: PROVEM! É demasiado bom para perder. Custa sensivelmente 3£, mas é um bom investimento.

LOJA DOS ESTÚDIOS

Há uma palavra que define muito bem esta loja e a forma como reagimos a ela: perdição.

É preciso muito pulso firme para não trazer tudo e mais alguma coisa e deixar um salário só em merchandising. Há camisolas, peluches, varinhas para todos os gostos, sweats, casacos, canetas, lápis, cadernos, blocos de apontamentos, livros, CD’s, jogos… Perdemos a conta!

Acabamos a trazer apenas o essencial e o que não conseguíamos online (pelo menos antes que se estragasse): chocolates e feijões de todos os sabores da Bertie Botts.

Foi um dia inesquecível apesar de super cansativo. Aos maiores fãs de Harry Potter, por favor vão. O dinheiro investido vai custar a sair da carteira, mas vai valer cada cêntimo.

Queres saber mais sobre a nossa viagem a Londres? Clica num dos links abaixo 🙂

4 Replies to “LONDRES: Uma viagem literalmente mágica”

  1. Realmente, a visita aos Estúdios do Harry Potter encantam a todos, sejam fãs ou não do bruxinho =)

    1. Completamente! É uma viagem mágica, mesmo.

  2. Depois de ter visitado o “Parque” do Harry Potter em Orlando ficou a vontade de ir aos estudios que ganham por apresentarem os objectos usados nos filmes mas o parque vocês teem de ir, em breve irei fazer alguns posts lá no meu blog sobre ele

    1. One World, Two Girls says: Responder

      Sim, o Parque de Orlando está, sem dúvida, na nossa lista! Obrigada, passaremos por lá para dar uma vista de olhos! Boas viagens 🙂

Deixe uma resposta