PORTUGAL: Sistelo, o tibete português

A aldeia de Sistelo é conhecida como o “pequeno Tibete português” devido aos fantásticos socalcos que a ladeiam

No mesmo fim-de-semana em que visitamos a fantástica cidade de Arcos de Valdevez  – podes ler aqui o artigo sobre a nossa aventura – e descobrimos paisagens e recantos naturais que pareciam retirados de postais ou de documentários, também seguimos rumo a Sistelo. A aldeia situa-se a cerca de 20 KM de Arcos de Valdevez, por isso decidimos que não poderíamos perder a oportunidade de visitar a tão (agora) famosa aldeia de Sistelo.

IMG_20180506_132751

Saímos da nossa casinha rural, da Arcos House, no Domingo bem cedo. Antes de irmos para Sistelo ainda visitamos o centro de Arcos de Valdevez e só depois seguimos em direção ao pequeno Tibete português.

A temperatura, em Sistelo, estava agradável e estávamos preparadas para fazer algum dos percursos dos Passadiços de Sistelo.

IMG_20180506_122034

A aldeia tem linhagem medieval, com casas, moinhos e espigueiros recuperados. Assim que entramos na vila, avistamos um castelo, o castelo de Sistelo, que foi recentemente recuperado. Decidimos ir em direção aos trilhos e passadiços em vez de visitarmos logo a aldeia. De 2 trilhos optamos pelo de menor distância, uma vez que também tínhamos horas contadas.

O concelho de Arcos de Valdevez e a Ecovia do Vez, onde se insere o Passadiço do Sistelo, fazem parte da Reserva Mundial da Biosfera

Ao longo dos quase 2 KM que percorremos encontramos paisagens lindíssimas de onde faziam parte do cenário animais, riachos, cascatas, etc.

IMG_20180506_123523

IMG_20180506_124536

Muitas pessoas desconhecem, mas a aldeia do Sistelo foi uma das aldeias vencedoras do concurso “7 Maravilhas de Portugal”. Sabias disto?

d363ed6f-51d7-4d79-870e-0e9f62a1ae0e

67e08519-80f0-4e79-9392-242ab9fcd176

IMG_20180506_125509

O percurso dos Passadiços do Sistelo, assim como o trilho antes e depois do passadiço propriamente dito, permite ver o Castelo do Visconde de Sistelo, os socalcos do “Tibete”, o lavadouro, a Ponte Oitocentista, alguns moinhos abandonados, entre outros. No o final deste passadiço há ainda o Parque de Merendas de Sistelo. Não te esqueças de levar água, comida, um chapéu ou agasalhos – dependendo do clima.

IMG_20180506_122147

Depois de terminarmos o percurso, visitamos a aldeia.  A vila está localizada na fronteira do Parque Nacional da Peneda-Gerês e é famosa pelas suas paisagens com socalcos (ou terraços) onde o milho é cultivado e ainda há gado a pastar. Ao longo da pequena vila vêem-se casas típicas em granito, celeiros, casas-de-banho públicas e ainda a Igreja Matriz de Sistelo . Sistelo tem um artesanato típico, sobretudo à volta de meias de lã e aventais de lã, que são muitas das vezes utilizadas como souvenirs pelo turistas e visitantes.

img_20180506_132612.jpg

Ficaste com vontade de visitar Sistelo? Nós recomendamos, por isso se tiveres dúvidas fala connosco!

4 Replies to “PORTUGAL: Sistelo, o tibete português”

    1. Olá, João! Agradecemos a nota 😉 A vila, estando localizada num dos concelhos que fazem parque do Parque Nacional, é usualmente mencionada como fazendo parte do parque também e está protegida pelas mesmas regras. No para realmente está localizada na fronteira do Parque.

  1. Podem se levar animais na caminhada?

    1. One World, Two Girls says: Responder

      Nós vimos muitos cães com os seus donos por isso pensamos que sim. Achamos que serão sempre bem-vindos 😄

Deixe uma resposta