SUGESTÃO: 5 Destinos LGBT Friendly

lgbt people flag

Quando viajamos para um lugar que não conhecemos, normalmente pesquisamos sobre tradições, moeda, cultura e comida desse local. E nós, viajantes LGBT, temos que nos preocupar também com a nossa segurança e conforto. Hoje, vamos dar-te 5 sugestões de destinos LGBT Friendly, onde a aceitação da comunidade é mais pacífica.

O nosso objetivo com o blog pessoal de viagens não é só dar-vos informações, dicas e sugestões de viagens, mas também mostrar a nossa experiência face a cada destino e aventura. Como casal LGBT, gostamos de perceber qual a aceitação de cada local que visitamos uma vez que temos consciência que existem lugares mais LGBT Friendly que outros.

Mas afinal o que é um destino LGBT Friendly?

É um local que oferece eventos específicos para os viajantes que fazem parte da comunidade.  Um dos primeiros destinos a investir no segmento LGBTQI foi a capital alemã, Berlim.  A cidade tem um bairro que é hotspot da comunidade gay desde os anos 1920 – Schöneberg – repleto de cafés, bares, pubs, bibliotecas, restaurantes, saunas e lojas destinadas a esse público. 

Os destinos LGBT Friendly são, portanto, locais onde podes, à partida, sentir-te seguro. Mas deves sempre estudar bem o destino antes da viagem e programar o que fazer e onde ir. Vê o nosso artigo onde te damos algumas dicas sobre programar uma viagem LGBT.

Quais os destinos LGBT Friendly?

Segundo pesquisa e experiência, fizemos uma lista de 5 destinos que consideramos amigos da comunidade LGBT.

Berlim (Alemanha)

Como já dissemos anteriormente, a capital alemã desde 1920 é um centro da comunidade LGBT. A cidade tem vários pontos de encontro como bares, restaurantes e outros espaços. Esta cidade destaca-se por ter a terceira maior comunidade gay da Europa. 

Locais a visitar

  • Museu da Homossexualidade
    • Endereço: Lützowstraße 73, 10785 Berlim, Alemanha
  • Bar Berghain 
    • Endereço: Am Wriezener Bahnhof, 10243 Berlim, Alemanha
  • Café k-fetisch
    • Endereço: Wildenbruchstraße 86, 12045 Berlim, Alemanha

São Francisco (Estados Unidos da América)

Esta cidade é bastante popular entre a comunidade LGBT e é um destino altamente gay-friendly por excelência. Existem bandeiras arco-íris penduradas nas janelas dos apartamentos em vários bairros da cidade.  No mês de junho ocorre a marcha LGBT e também o festival de cinema gay. São Francisco é considerada a capital LGBT do mundo.

Locais a visitar

  • Bar QBar
    • Endereço: 456 Castro St, San Francisco, CA 94114, EUA
  • GLBT History Museum
    • Endereço: 4127 18th St, San Francisco, CA 94114, EUA
  • Bairro Castro

Amesterdão (Holanda)

Amesterdão é conhecida por ser um destino livre de preconceitos e aberto para receber visitantes de todos os cantos do mundo. É considerada também a capital LGBT da Europa, onde existem imensos locais como livrarias, bares, hotéis e discotecas, voltados para a comunidade LGBT.

Locais a visitar

  • Lunchroom Downtown
    • Endereço: Reguliersdwarsstraat 31, 1017 BJ Amsterdam
  • Homomonument
    • Endereço: Westermarkt, 1016 DD Amsterdam

Brighton (Inglaterra)

Esta cidade está localizada no sul de Inglaterra e há mais de 100 anos que Brighton é considerada um paraíso gay, onde quase 1/4 da população é formada pela comunidade LGBT. No bairro de Kempton pode-se encontrar inúmeros bares, hotéis e saunas gay. Descobre o que fazer por Brighton aqui.

lgbt pride

Lisboa (Portugal)

A capital portuguesa foi considerada a 15ª melhor cidade do mundo para pessoas LGBT. Segundo o ranking, Lisboa é considerada uma das melhores cidades do mundo baseado em cinco fatores: encontros, vida nocturna LGBT, abertura às questões LGBT, segurança e direitos LGBT.

Locais a visitar

  • Praia 19
    • Endereço: Tv. da Praia 19, 1300-383 Lisboa
  • Lux
    • Endereço: Avenida Infante Dom Henrique

Visita o site para encontrares mais pontos LGBT por Lisboa.

Quando marcares a tua próxima viagem, pesquisa sobre as leis do destino uma vez que é fundamental respeitar as normas e os costumes locais. Respeita para seres respeitado.

E tu, que outras sugestões tens de destinos LGBT Friendly?

Deixe uma resposta